Rússia: Putin ameaça usar “meios mais poderosos que a NATO”

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, avisou publicamente que a guerra na Ucrânia pode escalar para algo maior e mais perigoso

“Temos meios mais poderosos que a NATO e, se tivermos de o fazer para defender o nosso território, utilizaremos todos os meios que temos à disposição. Repito: todos os meios que temos à disposição”, disse num discurso dirigido à nação, que foi transmitido esta quarta-feira, 21 de setembro. “Isto não é um bluff”, acrescentou. 

As declarações foram feitas em reação ao facto de o Ocidente ter ameaçado atacar a Rússia com armas nucleares e de destruição maciça. “O objetivo do Ocidente é enfraquecer, dividir e destruir a Rússia”, concluiu. 

O governante anunciou também no seu discurso a “mobilização parcial” de militares na reserva e o aumento de fabrico de armamento. 

Quanto à negociação de paz, afirmou que a “Ucrânia gostou” das propostas russas em Ancara, mas que o “Ocidente não gostou e obrigou a Ucrânia a recusá-las”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

O presidente do Movimento para o Progresso – Partido Novo, Abílio Espírito Santo, tem partilhado a sua experiência como emigrante durante…
STP: MLSTP e ADI terminam campanha com apelos para maioria absoluta

STP: MLSTP e ADI terminam campanha com apelos para maioria absoluta

Os maiores partidos de São Tomé e Príncipe, MLSTP e ADI, encerram a campanha eleitoral nesta sexta-feira, 23 de setembro, fazendo os…
NASA: Com a cabeça na lua

NASA: Com a cabeça na lua

E eis que a Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA) volta a estar nos holofotes da comunicação social. Tudo…
“Conversas Europeias” – Isabel Santos traz Raphael Glucksmann a Portugal

“Conversas Europeias” – Isabel Santos traz Raphael Glucksmann a Portugal

Isabel Santos A eurodeputada Isabel Santos vai organizar em Portugal um conjunto de debates sob o nome “Conversas Europeias”.  Depois…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin