Mundo

Comissão de Estupefacientes da ONU retira a cannabis das drogas mais perigosas

A Comissão de Estupefacientes (CND), o principal órgão de tomada de decisões das Nações Unidas (ONU) para o controlo de drogas removeu a cannabis da sua lista das drogas mais perigosas, que inclui heroína e opióides sintéticos.

A cannabis está sujeita à Convenção Única sobre Estupefacientes de 1961 e foi, até agora, incluída numa categoria que permite a sua proibição devido a “propriedades particularmente perigosas”.

Esta mudança, baseada na recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), foi apoiada por 27 estados contra 25 e uma abstenção.

A alteração não constitui a legalização da cannabis, que permanece entre as substâncias “altamente viciantes e suscetíveis de abuso”, o que significa que a sua produção e comercialização permanecem reservadas para uso científico e médico sob o direito internacional.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo