EUA diz que o Irão testou mísseis a 1,37 km de transportadora americana

Os Estados Unidos da América acusam o Irão de realizar testes de mísseis perto de navios de guerra americanos e de tráfego comercial no Estreito de Hormuz.

A acusação levanta novas tensões entre os dois países na sequência de um acordo nuclear para limitar o enriquecimento de urânio do Irão em troca da suspensão das sanções económicas.

Kyle Raines, um porta-voz do Comando Central dos EUA, disse em comunicado que os navios militares da Guarda Revolucionária Iraniana dispararam vários mísseis não guiados a cerca de 1,37 quilómetros do porta-aviões USS Harry S. Truman, o contra torpedeiro USS Bulkeley e a FS Provence, uma fragata francesa.

O tráfego marítimo comercial estava por perto no momento. Grande parte do petróleo de estados como a Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes Unidos e Kuwait passa através do estreito, entre o Irão e Omã, que liga o Golfo Pérsico ao resto do mundo. A rota também é crucial para os navios que participam na luta contra o Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

Raines disse que os navios iranianos anunciaram pelo rádio marítima que iriam realizar um exercício com fogo real com 23 minutos de antecedência. Afirmou que as ações do Irão foram “altamente provocativos”, e acrescentou: “Disparar armas tão perto da passagem de navios da coligação e tráfego comercial numa via de tráfego marítimo reconhecida internacionalmente não é seguro, não é profissional e é inconsistente com o direito marítimo internacional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Dois militares julgados pelas explosões de março

Guiné Equatorial: Dois militares julgados pelas explosões de março

Dois militares, um oficial e um soldado, estão a ser julgados pelas explosões ocorridas em Bata, a 07 de março. O incidente aconteceu num acampamento militar, tendo causado 107 óbitos e 615…
Cabo Verde: Programa de governo prioriza Sistema Nacional de Saúde

Cabo Verde: Programa de governo prioriza Sistema Nacional de Saúde

O Programa de governo para a décima legislatura em Cabo Verde inclui um conjunto de investimentos que servem para melhorar o Sistema Nacional de Saúde (SNS),…
Timor-Leste apoiado pela UE na realização das presidenciais

Timor-Leste apoiado pela UE na realização das presidenciais

O embaixador da União Europeia (UE) em Timor-Leste, Andrew Jacobs, afirmou que a UE vai apoiar o Secretariado Técnico da…
Moçambique: População de Cabo Delgado faz novas queixas sobre FDS

Moçambique: População de Cabo Delgado faz novas queixas sobre FDS

A população de Macomia, situada na província moçambicana de Cabo Delgado, voltou a queixar-se de abusos e extorsões por parte das Forças de Defesa…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin