Diplomacia | Europa

Alemanha: Programa de reagrupamento familiar começa novamente para refugiados

A Alemanha retomou o programa de reunificação de famílias para alguns dos refugiados que vivem no país, depois de em 2016 o governo ter ordenado a suspensão do direito de requerentes de asilo para trazer membros da família.

Segundo as novas regras apenas 1.000 pessoas por mês serão escolhidas, para facilitar a carga de trabalho dos assistentes sociais que lidam com um número recorde de migrantes.

Existem mais de 30.000 pedidos de reagrupamento familiar, podendo levar anos a ser processados. Apenas 5.000 serão abrangidas pelo plano até ao final do ano.

As autoridades terão que analisar a duração da separação, a idade dos familiares fora da Alemanha, as condições de saúde e a segurança para procederem à escolha.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo