Centenas de pessoas forçam barreira na fronteira do enclave espanhol de Ceuta

Na manhã desta sexta-feira, centenas de pessoas investiram contra a barreira que delimita a fronteira do enclave espanhol de Ceuta em Marrocos, segundo a Guarda Civil espanhola foram registados vários feridos.

“A Guarda Civil de Ceuta estima que 500 pessoas terão conseguido entrar na cidade”, indicavam os serviços de Socorro através do Twitter. Uma informação confirmada pela Guarda Civil que referiu que “várias centenas de migrantes” tinham entrado no enclave, numa acção que resultou em vários feridos, entre os migrante e forças de segurança.

Segundo Cruz Vermelha, a organização terá prestado assistência esta sexta-feira de manhã a mais de 400 pessoas, que foram acolhidas nos centros de retenção administrativa de Ceuta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin