Europol identifica suspeitos de tráfico humano que fugiram da Ucrânia

A Europol, agência europeia para a cooperação policial, informou nesta quinta-feira, 23 de junho, que identificou nove suspeitos de tráfico de seres humanos relacionados com a guerra na Ucrânia

Segundo a entidade, os suspeitos aproveitam-se de ucranianos vulneráveis que tentam fugir do país. Esses crimes terão sido praticados através de esquemas ‘online’. 

A Europol partilhou ainda em comunicado, referido pela “Lusa”, que foram identificadas nove vítimas potenciais e mais de 40 plataformas suspeitas durante a operação policial realizada a 23 de maio. 

Foi mencionado que 93 investigadores tiveram como alvos “redes criminosas que preparam refugiados ucranianos para exploração sexual e laboral através de ‘sites’ e plataformas de redes sociais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde: MpD elogia trabalho do Governo de Correia e Silva

Cabo Verde: MpD elogia trabalho do Governo de Correia e Silva

O líder da bancada parlamentar do MpD, João Gomes, realçou nesta quarta-feira, 22 de junho, a “inquestionável” ação dos governos…
Timor-Leste: Ramos-Horta defende maior cooperação na proteção dos mares

Timor-Leste: Ramos-Horta defende maior cooperação na proteção dos mares

O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, considera que deve haver um reforço da cooperação regional e mais empenho…
Brasil: Prefeito de Niterói do Estado do Rio de Janeiro faz visita a Portugal para atração de investimentos 

Brasil: Prefeito de Niterói do Estado do Rio de Janeiro faz visita a Portugal para atração de investimentos 

O prefeito de Niterói, Estado do Rio de Janeiro, Axel Grael, esteve em Portugal, durante esta semana, para compromissos com…
Guiné-Bissau: Sissoco exonera o Presidente do Tribunal Militar Superior, Daba Naualna

Guiné-Bissau: Sissoco exonera o Presidente do Tribunal Militar Superior, Daba Naualna

De acordo com o decreto presidencial divulgado, esta quinta-feira 23 de Junho, pelo Gabinete de Comunicação e Relações Públicas do…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin