Europa | Sahel | Segurança

Explosão de mina mata dois soldados franceses no Mali

Dois soldados franceses morreram depois de o veículo blindado em que seguiam ter sido atingido por uma mina no Mali, anunciou o gabinete do presidente francês, Emmanuel Macron, na quarta-feira, citado pela Reuters.

Cerca de 4.000 soldados franceses foram enviados para a região do Sahel na África Ocidental, integrados na Operaçao Barkhane, que visa limitar a acção dos militantes islamistas na zona.

Desde 2014, quando foi iniciada a operação, já morreram em combate 12 soldados franceses.

Mais de 100 soldados da ONU morreram em ataques, tornando-se a missão mais mortal da ONU até ao momento.

O Mali, Níger, Chade, Burkina Faso e Mauritânia formaram a força G5, uma força antiterrorista que incluirá 5.000 soldados de cada um dos países do Sahel.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo