França insiste em acordo de paz de dois Estados para o Médio Oriente

A França está empenhada numa solução de dois Estados para o conflito no Médio Oriente, disse o presidente François Hollande na quarta-feira, uma semana depois de o presidente norte-americano, Donald Trump, ter afirmado o contrário.

O líder francês, falava num evento organizado pelo grupo CRIF de organizações judaicas, quando disse que uma solução de dois Estados é a única garantia para que Israel continue a ser uma “sociedade pluralista e democrática”.

A solução de dois Estados tem sido a pedra angular da política internacional e dos Estados Unidos, e o retrocesso de Trump encontrou hostilidade de outras potências mundiais.

Segundo Hollande, a única maneira de existir paz no Médio Oriente é ter Israel e Palestina lado a lado, acrescentando que cabe aos israelitas e palestinianos chegar a um acordo sobre cada questão, especialmente sobre o status de Jerusalém.

A França continuaria a monitorar a liberdade de acesso e culto para judeus, cristãos e muçulmanos na cidade sagrada, declarou. “Esta é a posição francesa e tenho certeza que não vai mudar”, acrescentou, semanas antes de deixar o cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Mueda recebe mais deslocados após novos ataques

Moçambique: Mueda recebe mais deslocados após novos ataques

Os distritos de Macomia, Mueda, Muidumbe e Nangade foram novamente alvos de ataques terroristas.  A situação está a fazer com que o distrito de Mueda, no…
Angola: PRS defende maior atenção aos problemas sociais do povo

Angola: PRS defende maior atenção aos problemas sociais do povo

O secretário-geral do Partido de Renovação Social (PRS), Rui Malopa Miguel, considera que o Governo angolano deve dar maior atenção aos problemas…
Timor-Leste tem falta de mecanismos de transparência

Timor-Leste tem falta de mecanismos de transparência

Os deputados da Comissão F, de Saúde, Segurança Social e Igualdade de Género disseram, através de comentários feitos no relatório parlamentar de análise…
Cabo Verde: PAICV diz que Porto Novo vive "um dos piores momentos da sua história"

Cabo Verde: PAICV diz que Porto Novo vive "um dos piores momentos da sua história"

O PAICV considera que o município do Porto Novo atravessa “um dos piores momentos da sua história”, devido às “más decisões políticas” do Governo atual. A maior formação…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin