G7 recusa exigência de pagamento do gás russo em rublos

Os países do G7 consideram “inaceitável” a exigência de Moscovo em relação ao pagamento em rublos do gás russo. O porta-voz do grupo foi o ministro da Economia da Alemanha, Robert Habeck, ao fazer a afirmação nesta segunda-feira, 28 de março.

“Todos os ministros do G7 estiveram de acordo sobre o facto de se tratar de uma violação unilateral e clara dos contratos existentes (…) o que significa que um pagamento em rublos não é aceitável”, explicou. 

“Penso que esta exigência pode ser interpretada com o facto de Putin estar encostado à parede”, acrescentou Habeck. 

Recorde-se que foi na semana passada que o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou que Moscovo iria deixar de aceitar o pagamento em euros e em dólares nas exportações de gás para a União Europeia. Neste sentido, deu uma semana às autoridades russas para organizarem um novo sistema de liquidação em rublos, moeda russa. 

“Pedimos às empresas abrangidas para não responderem à exigência de Putin”, apelou o ministro alemão, realçando que a Rússia “não é um fornecedor de confiança”

Do G7 fazem parte a Alemanha, o Canadá, os Estados Unidos da América, a França, a Itália, o Japão e o Reino Unido.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Os deputados do PAICV eleitos por Santo Antão alertaram nesta quinta-feira, 05 de janeiro, para a situação de abandono da…
Mães e crias em migrações pouco pacíficas

Mães e crias em migrações pouco pacíficas

Uma mãe e a sua cria nadam, lado a lado, ao longo da costa numa zona de águas baixas. Depois…
Angola: FNLA fala de planos para 2023

Angola: FNLA fala de planos para 2023

O líder da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Nimi a Nsimbi, comentou as atividades relevantes para este ano de…
Moçambique: PRM dá nota positiva ao balanço da quadra festiva

Moçambique: PRM dá nota positiva ao balanço da quadra festiva

Decorreu ontem, 05 de janeiro, em Maputo, a reunião de balanço da quadra festiva, à qual os representantes da Polícia…