Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais de 422 mil os ucranianos que fugiram do país devido à invasão russa. A esse número somam-se mais de 100 mil deslocados internos pelo conflito. 

Os países que mais têm acolhido estes refugiados têm sido os vizinhos da Ucrânia, como a Hungria, a Moldávia, a Polónia e a Roménia. Esta informação foi igualmente divulgada pelo ACNUR, através da sua conta na rede social Twitter. 

Na semana passada, o ACNUR e o Governo ucraniano avisaram que o número de refugiados poderia aumentar até cinco milhões de pessoas. Trata-se de quase um décimo da população da Ucrânia, que tem um total de 44 milhões de habitantes. 

O alto comissário da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Refugiados, Filippo Grandi, tem pedido aos países vizinhos da Ucrânia que “mantenham as suas fronteiras abertas para aqueles que procuram segurança e proteção”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…