Hungria desaprova mais sanções contra a Rússia

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Peter Szijjarto, pediu à União Europeia (UE) para não aplicar mais sanções à Rússia. 

“A União Europeia deveria parar de mencionar um oitavo pacote de sanções, deveria parar de promover medidas que só agudizariam a crise do fornecimento de energia”, afirmou. 

A declaração foi feita através de um comunicado divulgado nesta terça-feira, 20 de setembro. O documento foi citado pela “Reuters”. 

Recorde-se que a UE já aplicou sete pacotes de sanções contra a Rússia, na sequência da invasão das tropas russas ao território ucraniano, iniciada a 24 de fevereiro. A situação tem causado vários problemas para os países europeus, como a subida nos preços de vários produtos alimentares e energéticos.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Oposição quer posição firme do Governo sobre guerra na Ucrânia

Moçambique: Oposição quer posição firme do Governo sobre guerra na Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos da oposição com assento na Assembleia da República de Moçambique, exigem que o Governo…
Afeganistão: Talibãs mataram oito membros do Estado Islâmico

Afeganistão: Talibãs mataram oito membros do Estado Islâmico

Os talibãs afegãos mataram oito militantes do grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, de acordo com as informações divulgadas pelo porta-voz do…
Moçambique: Número de casos de cólera é preocupante na província de Niassa

Moçambique: Número de casos de cólera é preocupante na província de Niassa

As autoridades na província de Niassa, norte de Moçambique, dizem estar bastante preocupadas devido à persistência de casos de cólera,…
Revista de Imprensa Lusófona de 05 de janeiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 05 de janeiro de 2022

O portal do Governo de Moçambique informa que o “PR diz que Moçambique poderá contribuir para um mundo mais pacífico…