Irão acusa NATO e EUA de provocarem a Rússia 

O Governo iraniano afirmou que está a monitorar os acontecimentos na Ucrânia “com profunda preocupação”. Neste sentido, pediu que fossem feitas negociações e acusou os Estados Unidos da América (EUA) e a NATO de provocarem a Rússia. 

“As contínuas provocações da NATO, lideradas pelos EUA, criaram uma situação que está a conduzir a Eurásia para uma crise total”, pode ler-se na página do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano no Twitter. 

O Irão apela à paz e pede a “ambos os lados para pararem o conflito” e que haja “cessar-fogo e iniciar negociações”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…