Itália organiza reunião do G20 para debater situação do Afeganistão

A Itália decidiu organizar uma reunião extraordinária do G20 sobre o Afeganistão. O encontro está marcado para o próximo mês, a 12 de outubro. 

Esta informação foi avançada pelo primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, após uma reunião do Conselho de Ministros do país. O governante não mencionou a cidade escolhida para acolher a reunião, mas, nas últimas semanas, o Governo italiano manifestou a intenção de realizá-la em Roma. 

Sabe-se que Roma, capital de Itália, vai acolher a cimeira dos líderes do G20 no último fim de semana de outubro. Trata-se de um evento que marcará o fim da presidência italiana do grupo, que reúne as 19 economias mais desenvolvidas e a União Europeia. 

Draghi e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luigi Di Maio, têm mantido contactos com outros governos para organizar a reunião extraordinária sobre o Afeganistão, relacionada com a chegada ao poder dos talibãs em agosto. 

O chefe do Governo manteve várias conversas telefónicas com líderes do G20 nas últimas semanas e, no início de setembro, deslocou-se a Marselha para discutir a situação no Afeganistão com o Presidente da França, Emmanuel Macron. 

Mario Draghi afirmou a 14 de setembro que os países ocidentais devem “proteger aqueles que decidem deixar o Afeganistão” e que a UE não pode ignorar a situação dessas pessoas nem o “alcance histórico” dos acontecimentos no país. Já na passada quinta-feira, 23 de setembro, o primeiro-ministro alertou durante a Assembleia Geral das Nações Unidas que a comunidade internacional tem de agir para evitar “uma catástrofe social e civil” no Afeganistão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin