Europa | Geopolítica | Sahel | Segurança

Parlamento alemão aprova o envio de mais soldados para o Mali

O Parlamento alemão aprovou os planos do governo para o envio de 650 soldados para o Mali, reforçando a sua presença na missão de paz das Nações Unidas (ONU) no país do oeste africano assolado pela violência islamita.

Também foi aprovado o reforço de soldados para treinarem as forças curdas Peshmerga, no norte do Iraque, aumentando de 100 para 150 militares.

Estes militares vão cooperar com os holandeses num acampamento militar no norte da cidade de Gao, no âmbito do trabalho de reconhecimento e apoio logístico.

Além de participarem na missão da ONU no Mali, a Alemanha enviou tropas em 2013, como parte da missão da União Europeia, para treinar forças de segurança locais, para evitar um crescimento islâmico, no norte.

A ministra da defesa, Ursula von der Leyen, declarou na semana passada que não descarta a possibilidade de envio de tropas alemãs para a Líbia, onde insurgentes islamitas podem representar uma ameaça para a Europa e provocar uma nova vaga de refugiados do Norte de África.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo