Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa pararem de resistir e tomarem o poder. 

O pedido foi feito nesta sexta-feira, 25 de fevereiro, enquanto as tropas ucranianas estão a lutar em Kiev, capital do país, contra as tropas russas. Recorde-se que este é o segundo dia de um conflito que já terá matado dezenas de pessoas. 

Durante a reunião desta sexta-feira do Conselho de Segurança, Putin disse, sem apresentar provas, que a maioria das unidades militares ucranianas estão relutantes em se envolverem com as forças russas. Segundo o próprio, as unidades que estão a oferecer resistência são, na sua maioria, batalhões de voluntários compostos por “nacionalistas ucranianos de direita”

O Presidente acusou as forças ucranianas de enviarem armamento pesadas para áreas urbanas de várias grandes cidades, incluindo Kiev e Kharkiv, para usar civis como escudos.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…