Rússia acusa forças ucranianas de usarem civis como “escudos humanos”

Moscovo Rússia

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, acusou as forças ucranianas de usarem os civis de Mariupol como “escudos humanos” e de os “alvejarem pelas costas”.

Estas declarações foram feitas depois da divulgação de um relatório da organização internacional não governamental Human Rights Watch, que refere que pelo menos 8.000 pessoas foram mortas em combate ou por causas relacionadas com a guerra durante a conquista de Mariupol pela Rússia, que durou meses.

No entanto, o Kremlin disse que ainda não analisou os números indicados pela Human Rights Watch.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Ativistas não concordam que Angola deixe a lista de países autoritários

Ativistas não concordam que Angola deixe a lista de países autoritários

Angola deixou de fazer parte da lista de países autoritários do Índice de Democracia no Mundo em 2023, elaborado pela…
Moçambique: Corte da estrada que dá acesso à vila de Quissanga está a provocar carência de alimentos

Moçambique: Corte da estrada que dá acesso à vila de Quissanga está a provocar carência de alimentos

O transbordo do rio Montepuez e destruição de uma das pontes provocou o corte do acesso rodoviário à vila sede…
Moçambique: PR diz que União Africana apoia agenda do país

Moçambique: PR diz que União Africana apoia agenda do país

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, afirmou que a 37.ª Cimeira da União Africana deu uma nota positiva…
Carlos Gonçalves, candidato pelo círculo europeu pela Aliança Democrática

Carlos Gonçalves, candidato pelo círculo europeu pela Aliança Democrática

“Definir um grande Plano Estratégico para as Comunidades Portuguesas” Carlos Alberto Silva Gonçalves, tem 62 anos de idade e volta…