Rússia aposta em fornecer gás à China para substituir a Europa

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que o país está a discutir um importante projeto de novas infraestruturas para fornecer gás à China através da Mongólia.

O objetivo é usar a China para substituir a Europa enquanto principal cliente de gás, segundo o canal “Al Jazeera”.

Putin partilhou ainda que a empresa petrolífera estatal Rosneft tinha acordado com o Governo da Mongólia a expansão da cooperação no fornecimento de produtos petrolíferos.

A Rosneft é uma das maiores empresas petrolíferas do mundo, sendo o Governo russo o seu maior acionista, com 75% das ações. Trata-se de uma das três maiores empresas de petróleo e gás da Rússia.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: Polícia vai investigar Bolsonaro por crimes durante a pandemia 

Brasil: Polícia vai investigar Bolsonaro por crimes durante a pandemia 

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Passos, disse que a corporação irá investigar eventuais crimes praticados durante o governo do…
Ucrânia: Economia caiu 30,4% devido ao conflito com a Rússia

Ucrânia: Economia caiu 30,4% devido ao conflito com a Rússia

A economia ucraniana baixou 30,4% em 2022. O motivo deve-se à invasão russa, iniciada a 24 de fevereiro.  Trata-se de uma…
Moçambique: Oposição quer posição firme do Governo sobre guerra na Ucrânia

Moçambique: Oposição quer posição firme do Governo sobre guerra na Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos da oposição com assento na Assembleia da República de Moçambique, exigem que o Governo…
Afeganistão: Talibãs mataram oito membros do Estado Islâmico

Afeganistão: Talibãs mataram oito membros do Estado Islâmico

Os talibãs afegãos mataram oito militantes do grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, de acordo com as informações divulgadas pelo porta-voz do…