Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

A Rússia reiterou nesta quarta-feira, 16 de março, que só irá aceitar uma cimeira entre o seu Presidente, Vladimir Putin, e o homólogo da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, se o objetivo for chegar a um acordo. Caso seja para “reunir-se por reunir”, dispensa. 

A informação foi divulgada pelo ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, depois de um encontro realizado com o homólogo turco, Mevlut Cavusoglu, em Moscovo. O governante acusou as autoridades ucranianas de pedirem negociações e reuniões sem estarem dispostas a chegar a um acordo. 

“O nosso Presidente tem afirmado repetidamente que não rejeita que tal reunião se realize. No entanto, estas reuniões não devem ser apenas para haver reuniões, há que chegar a um acordo”, explicou. 

O objetivo da Rússia continua a ser a desmilitarização da Ucrânia, disse, acrescentando que a Ucrânia recusou-se a cumprir os Acordos de Minsk, assinados em 2015 para tentar encontrar uma solução para o conflito militar entre os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia e o governo central de Kiev.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, foi condecorado nesta terça-feira, 15 de março, pelo homólogo cabo-verdiano, José Maria…
Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Gustavo Tutuca promove turismo do Rio de Janeiro, na BTL, em Lisboa A Secretaria de Estado de Turismo do Rio…
Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

A ministra dos Negócios Estrangeiros de Moçambique garantiu que o país vai continuar neutro na guerra entre a Ucrânia e…
Moçambique: Julgamento que envolve antiga ministra no crime

Moçambique: Julgamento que envolve antiga ministra no crime

Começou a 15 de Março, a sessão de julgamento do processo-crime, número 51/2019/10 que corre na 10ª Secção Criminal do…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin