Suécia reintroduz serviço militar obrigatório para fazer face às novas ameaças

O governo da Suécia reintroduziu na quinta-feira um projeto militar para homens e mulheres devido ao “ambiente de deterioração da segurança na Europa e à volta da Suécia”, explicou o ministro da Defesa, Peter Hultqvist.

A Suécia aboliu o serviço militar obrigatório para os homens em 2010, porque dispunha de voluntários suficientes para responder às necessidades militares da região. No entanto, segundo o governo, “o recrutamento de todos os voluntários não forneceu às Forças Armadas o pessoal suficiente, e a reativação do recrutamento é necessária para a prontidão militar”.

Em setembro, a Suécia, que não é membro da NATO, estacionou tropas permanentes na ilha de Gotland no mar Báltico, que Hultqvist descreveu como um sinal após a anexação da Criméia pela Rússia em 2014 e a sua “pressão crescente” sobre os países vizinhos do Báltico, da Estônia, da Letônia e da Lituânia.

Por outro lado, as violações do espaço aéreo sueco por aviões militares da Rússia na região, são cada vez mais frequentes, assim como o reforço militar no enclave russo de Kaliningrado, que fica do outro lado do mar Báltico da Suécia.

Segundo o plano aprovado na quinta-feira, pelo menos 4.000 jovens de 18 anos poderão ser convocados anualmente, a partir de 1 de janeiro.

De acordo com informações divulgadas ontem pelo governo sueco, “em 2016, às Forças Armadas faltavam 1000 elementos para os esquadrões ativos, soldados e marinheiros, bem como 7000 reservistas”, acrescentando que as inscrições devem ser possíveis a partir de 01 de julho e treino militar básico com serviço obrigatório a partir de 1 de janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

UE quer decidir novo pacote de sanções à Rússia antes da próxima cimeira

UE quer decidir novo pacote de sanções à Rússia antes da próxima cimeira

A União Europeia (UE) espera chegar a acordo sobre o novo pacote de sanções à Rússia antes da próxima cimeira…
Afeganistão: Talibãs disparam em manifestação de apoio às iranianas

Afeganistão: Talibãs disparam em manifestação de apoio às iranianas

Homens armados do regime talibã do Afeganistão dispararam para o ar nesta quinta-feira, 29 de setembro, com o objetivo de…
Revista de Imprensa Lusófona de 29 de setembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 29 de setembro de 2022

Em Portugal o “Expresso” noticia que o primeiro-ministro “Costa responde esta quinta-feira aos deputados com economia no centro da atualidade”.…
MNE avisa que portugueses na Rússia podem ser chamados para a guerra

MNE avisa que portugueses na Rússia podem ser chamados para a guerra

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) de Portugal, liderado por João Gomes Cravinho, avisa que os portugueses com dupla nacionalidade…