Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo a bairros residenciais em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia. O ataque ocorreu através de mísseis russos. 

No serviço de mensagens Telegram o assessor do Ministério do Interior da Ucrânia, Anton Guerashenko, escreveu: “Kharkiv. Um ataque impiedoso e sem sentido a um bairro residencial com mísseis! Cadáveres nas ruas”. Divulgou também vídeos com imagens do ataque. 

“O inimigo russo está a bombardear áreas residenciais”, declarou igualmente o governador regional em Kharkiv, Oleg Sinegubov. Uma vez que os bombardeamentos estão “em curso”, os serviços de resgate não podem ser chamados, explicou. 

Isto acontece na mesma altura em que, no outro extremo do país, na fronteira ucraniana-bielorrussa, delegações da Ucrânia e da Rússia estão reunidas para negociar pela primeira vez desde que a Rússia iniciou a invasão da Ucrânia, na passada quinta-feira, 24 de fevereiro.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…