Ucrânia: Lviv não consegue acolher mais refugiados

O presidente da Câmara de Lviv, Andriy Sadoviy, informou à “Reuters” que a cidade esgotou a sua capacidade para acolher os refugiados que têm fugido das zonas do conflito com a Rússia

Sadoviy explicou que Lviv tem sido a escolha de muitos cidadãos por se encontrar numa zona menos afetada pela guerra e por ser ponto de passagem para outros países europeus. Segundo o próprio, já terão passado várias centenas de milhares de pessoas pelo local. 

Como o local já alcançou a sua capacidade limite para albergar mais gente, o responsável apelou à ajuda da comunidade internacional. Atualmente, existem 200 mil pessoas na cidade, com 50 mil a dirigir-se diariamente à estação de comboios de Lviv. 

“Nós sabemos que virá outra vaga de refugiados”, afirmou Sadoviy, solicitando às “organizações humanitárias internacionais para vir cá e ajudarem”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…