Ucrânia quer retirada das forças russas

As autoridades ucranianas informaram que vão exigir uma trégua imediata e a retirada das forças russas durante a nova ronda negocial com Moscovo. O encontro será feito por videoconferência e está previsto para esta segunda-feira, 14 de março. 

“A nossa posição não mudou: paz e um cessar-fogo imediato, a retirada de todas as tropas russas e, só depois disto, é que poderemos falar das nossas relações de vizinhança e das nossas diferenças políticas”, afirmou Mykhailo Podoliak. 

Podoliak é o negociador e conselheiro do Presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky. 

As declarações foram feitas através da rede social Twitter, a poucas horas do quarto contacto entre Kiev e Moscovo desde o início da invasão da Rússia, a 24 de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Terroristas mortos no distrito de Nangade

Moçambique: Terroristas mortos no distrito de Nangade

Um número considerável de terroristas, que nas últimas três semanas, mataram, pilharam, queimaram bens e obrigaram deslocar centenas de pessoas,…
Revista de Imprensa Lusófona de 14 de março de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 14 de março de 2022

No Brasil “O Globo” tem em manchete o título “Viagens de Bolsonaro revelam guinada na política externa; África está fora…
Moçambique: Autoridade Tributária patenteia 32 funcionários na província de Niassa

Moçambique: Autoridade Tributária patenteia 32 funcionários na província de Niassa

Trinta e dois (32) funcionários da Autoridade Tributária (AT) afectos na província de Niassa, foram na sexta-feira passada, patenteados na…
Brasil: Ex-militares brasileiros, chegam à Ucrânia para combater na guerra

Brasil: Ex-militares brasileiros, chegam à Ucrânia para combater na guerra

Ex-militares brasileiros, que dizem integrar uma tropa de elite da Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia, composta inclusive por…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin