Ucrânia tem 70% da capital sem eletricidade

Kiev, capital da Ucrânia, foi um dos principais alvos dos mais recentes ataques com mísseis russos a instalações de energia, que ocorreram na quarta-feira, 23 de novembro. 

Esses ataques resultaram em milhões de pessoas às escuras, uma vez que vários locais ficaram sem luz. Tiveram de ser realizados apagões de emergência para economizar e permitir reparações, essenciais com o aproximar do inverno. 

Ao todo, cerca de 70% da população de Kiev estava sem energia na manhã desta quinta-feira, dia 24. Tratam-se dos maiores estragos nas infraestruturas críticas do país em nove meses de guerra, iniciada a 24 de fevereiro. 

Segundo o prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, as empresas de energia estão a fazer todos os esforços necessários para conseguirem resolver o problema o mais o depressa possível. 

No entanto, explicou no Telegram, o alcance desse objetivo vai depender da restauração do equilíbrio no sistema energético da Ucrânia, uma vez que Kiev integram esse sistema.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PR quer reflexão sobre resultados das reformas legislativas dos últimos anos

Cabo Verde: PR quer reflexão sobre resultados das reformas legislativas dos últimos anos

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, considera necessário fazer “uma reflexão séria e isenta sobre os…
Angola: UNITA considera "injusta" proposta de Lei da Amnistia 

Angola: UNITA considera "injusta" proposta de Lei da Amnistia 

A UNITA considera a proposta de Lei da Amnistia “discriminatória e injusta”, uma vez que a mesma tem “zonas cinzentas”.…
NATO diz que não haverá "paz duradoura" na Ucrânia se Rússia vencer

NATO diz que não haverá "paz duradoura" na Ucrânia se Rússia vencer

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, declarou nesta sexta-feira, 25 de novembro, que não vai haver “paz duradoura” na Ucrânia…
Revista de Imprensa Lusófona de 25 de novembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 25 de novembro de 2022

O portal do Governo de Moçambique escreve que o “PM fala na Cimeira extraordinária da UA sobre industrialização”. A “Folha…