Von der Leyen alerta para aceleração de tensões com a China

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, alertou nesta sexta-feira, 21 de outubro, para o aumento de tensões entre a União Europeia (UE) e a China. A declaração foi feita à saída da reunião do Conselho Europeu

“A discussão mostrou que estamos a testemunhar uma aceleração de tendências e tensões. Ficou muito claro desde o Congresso que o Presidente Xi continua a reforçar o percurso assertivo e autossuficiente que a China escolheu”, afirmou à imprensa. 

A dirigente europeia acrescentou que está ciente de que “o sistema chinês é fundamentalmente diferente do nosso” e que esse é o principal motivo desta “rivalidade”

Este assunto foi igualmente abordado pelo primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, que manifestou as suas preocupações no que diz respeito à postura cada vez mais “assertiva” da China no palco global. 

“A assertividade da China no cenário mundial está a aumentar (…) temos que manter o diálogo com a China, mas com uma visão mais crítica”, concluiu no final de uma Cimeira da UE em Bruxelas.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…