Argélia: Elétricos mais caros do que em outros lugares do mundo

A empresa Alstom anunciou ter fechado um contrato de 85 milhões de euros para fornecer 26 elétricos “Citadis”, o modelo principal da empresa, para o metro na cidade de Sétif, na Argélia.

Com base em dados oficias fornecidos pela empresa, o site de notícias TSA, estabeleceu uma comparação dos valores dos contratos para elétricos “Citadis” em todo o mundo, e chegou à conclusão de que há diferenças significativas entre a Argélia e outros lugares do mundo.

Para Sétif, o contrato de 85 milhões de euros abrange o fornecimento de 26 elétricos, por 3,27 milhões de euros cada. No entanto, para Bourdeaux o contrato de 28 milhões de euros abrange o fornecimento de 10 elétricos por 2,8 milhões de euros cada.

Em comparação, Casablanca assinou um contrato por 100 milhões de euros, que abrange o fornecimento de 50 elétricos a 2 milhões de euros cada. Estes valores são mais elevados que os praticados para a cidade de Sétif.

Contactada pelo site de notícias TSA, a empresa Alstom ainda não respondeu sobre o porquê desta diferença de preços.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin