Magrebe

Argélia: Mais de 400 migrantes resgatados em dois dias no deserto

Mais de 400 migrantes subsaarianos foram resgatados perto da Argélia em dois dias, informa a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Os 439 migrantes da África Ocidental foram resgatados em dois dias no deserto de Assamaka, uma cidade nigeriana na fronteira com a Argélia, onde chegaram “a pé”, segundo a organização.

De acordo com a OIM, 347 imigrantes de 13 países da África Ocidental foram resgatados por uma equipa de busca e salvamento da OIM no dia 3 de setembro. No dia seguinte,  outros 92 migrantes chegaram à mesma zona tendo também sido assistidos pelas equipas de salvamento.

No entanto, a agência da ONU não especifica se esses migrantes foram expulsos por Argel como aconteceu recentemente com milhares de outros imigrantes ilegais.

A OIM adiantou que as pessoas foram acolhidas no seu centro de passagem em Arlit (norte do Níger) e que aqueles que o desejem serão transportados para seu país de origem.

A Argélia tem sido repetidamente acusada de resgatar milhares de migrantes africanos em suas fronteiras.

Recorde-se que a 15 de julho deste ano, a Argélia expulsou 391 pessoas, incluindo crianças e mulheres grávidas, que foram obrigadas a atravessar a fronteira a pé e com muito pouca água e alimentos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo