Marrocos: Jornalista espanhol acusado de espionagem a favor da Frente Polisário

Os serviços de imprensa das Nações Unidas retiraram a acreditação a um jornalista espanhol devido a suspeitas de espionagem da delegação marroquina a favor da Frente Polisário.

Os registos vídeo das câmaras de segurança mostraram que o jornalista espanhol logrou infiltrar uma reunião da Assembleia dos encarregados de comunicação e começou a filmar o decorrer dos trabalhos recorrendo ao seu telemóvel.

Ao detetar a  presença deste jornalista, os encarregados de segurança retiraram o jornalista da reunião e apresentaram-no à administração dos serviços de imprensa das NU que decidiu retirar e suspender a sua acreditação por um período de 4 meses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Seda sustentável pode ter aplicações biomédicas e no abastecimento alimentar

Seda sustentável pode ter aplicações biomédicas e no abastecimento alimentar

Embora a seda seja mais conhecida como um componente para roupas e tecidos, o material tem muitos usos, desde a…
Timor-Leste: Aprovadas regras de execução do OGE de 2022

Timor-Leste: Aprovadas regras de execução do OGE de 2022

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou o projeto do Governo sobre o estabelecimento das regras de execução do Orçamento…
União Europeia quer considerar nuclear como energia "verde"

União Europeia quer considerar nuclear como energia "verde"

A União Europeia está a provocar fortes reações contra os planos de rotular o nuclear e o gás como investimentos…
Moçambique: Nyusi promulga Lei Orgânica do Ministério Público

Moçambique: Nyusi promulga Lei Orgânica do Ministério Público

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, promulgou a Lei Orgânica do Ministério Público e o Estatuto dos Magistrados do…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin