Diplomacia | Magrebe

Marrocos reúne com ONU em Lisboa para debater questão do Sara Ocidental

Uma delegação marroquina chefiada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Internacional, Nasser Bourita, reuniu esta terça-feira, 6 de março, em Lisboa com o enviado especial da ONU para o Sara Ocidental, Horst Köhler que tem multiplicado os encontros a fim de “encontrar uma solução pacífica definitiva para o diferendo em torno do Sara”.

Em janeiro Horst Köhler reunira em Berlim com uma delegação da Frente Polisário chefiada por Brahim Ghali. Em fevereiro o enviado da ONU manteve encontros bilaterais, também na capital alemã, com o chefe da diplomacia da Mauritânia, Isselkou Ould Ahmed Izidbih, e pouco depois com o ministro dos negócios estrangeiros argelino Abdelkader Messahel, dois encontros que sucederam uma reunião com enviado da União Africana para o Sara Ocidental, Joaquim Chissano.

Para Marrocos o facto de o encontro com Horst Köhler ter lugar em Lisboa é uma “vitória diplomática” tendo em conta que Rabat conseguiu evitar um encontro direto informal com a delegação da Frente Polisário em Berlim ou Munique, como pretendia Köhler. A organização independentista sarauí insiste que está disponível para iniciar “negociações diretas” com Marrocos mas para Rabat “nada está programado neste sentido”, tal como sublinhou o porta-voz do governo marroquino, Mustapha El Khalfi.

Em abril Horst Köhler deverá apresentar a António Guterres e ao Conselho de Segurança da ONU o relatório anual sobre o Sara Ocidental que será também o seu primeiro balanço das reuniões com Marrocos e Frente Polisário, assim como com a Argélia, Mauritânia e União Africana na qualidade de observadores do processo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo