Tunísia em busca de uma estratégia para travar regresso dos seus jihadistas

O primeiro-ministro tunisino, Youssef Chahed, disse esta quinta-feira que as autoridades do seu país vão manter uma “posição firme” sobre o regresso dos seus jihadistas e garante que serão “imediatamente detidos” e julgados segundo a Lei antiterrorista.

“O Estado tunisino não assinou qualquer acordo sobre o regresso dos terroristas e a posição do governo é clara: Não é favorável ao seu regresso das zonas de tensão”, disse Youssef Chahed à cadeia de televisão pública Wataniya.

Segundo o Chefe do Governo, o Estado tunisino “tem as listas de todos os terroristas (tunisinos) que estão em zonas de tensão e no seio de organizações terroristas”, acrescentando que: “Nós os conhecemos um a um e nós temos todos os dados sobre eles”.

As declarações de Youssef Chahed surgem no quadro dos múltiplos debates na Tunísia sobre o regresso dos seus jihadistas. Para o presidente Youssef Chahed a Tunísia “não pode impedir um tunisino de regressar ao seu país”.

Após ter sido anulada uma reunião ministerial para definir um “plano de ação”, o primeiro-ministro reuniu com o presidente para analisarem “os planos de ação do governo para tratar do dossier dos tunisinos de regresso das zonas de tensão”.

Mais de 5.000 tunisinos integraram as fileiras de organizações terroristas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin