Cerca de 22.000 jihadistas foram mortos desde o verão de 2014

Desde o verão de 2014 cerca de 22.000 jihadistas foram mortos na Síria e no Iraque pelas forças da Coligação lideradas pelos Estados Unidos contra o Estado Islâmico (EI), confirmou à cadeia de televisão France24 o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian.

Segundo o ministro francês os jihadistas a combaterem pelo EI “devem rondar os 35 mil combatentes dos quais 12 mil são estrangeiros”, mas, devido às operações da coligação não têm sido registadas ofensivas de vulto do EI. Segundo Le Drian as ações francesas contra o EI representam entre 5 a 15% das ações da coligação.

A entrevista do ministro da Defesa francês aconteceu após ter terminado a reunião de sete dos 26 países da Coligação que decorreu em Bruxelas esta quarta-feira e que teve como objetivo “afinar a estratégia” a seguir contra o EI.

A reforçar o balanço positivo apresentando por Le Drian, no final da reunião o ministro britânico da Defesa, Michael Fallon, também confirmou que a organização jihadista já perdeu 25% do território que controlava no Iraque e 10% na Síria.

Apesar dos sucessos anunciados, não foram poupadas críticas contra a intervenção Rússia. Para Ashton Carter, Secretário da Defesa norte-americano, é necessário alargar a Coligação e contar com a contribuição dos países da região, todavia a cooperação com Moscovo tem sido complexa e os bombardeamentos da Rússia na Síria já causaram mais de um milhar de mortos civis desde setembro. “Os russos estão num mau caminho estratégico, deste modo não existem suficientes bases comuns para uma cooperação”, disse Ashton Carter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Temperaturas anormais responsáveis por 5 milhões de mortes por ano

Temperaturas anormais responsáveis por 5 milhões de mortes por ano

Um novo estudo internacional descobriu que mais de cinco milhões de mortes por ano podem ser atribuídas a temperaturas quentes…
Timor-Leste: 47% das crianças timorenses sofre violência física

Timor-Leste: 47% das crianças timorenses sofre violência física

O gestor jurídico da World Vision de Timor-Leste, António Moniz do Rosário, informou que 47% das crianças timorenses é vítima de violência física. Esta organização tem…
Perda de dentes associada ao aumento de demência

Perda de dentes associada ao aumento de demência

A perda dentária é um fator de risco para o comprometimento cognitivo e demência – e com cada dente perdido,…
Países juntos da CPLP considerados 10.ª maior economia mundial

Países juntos da CPLP considerados 10.ª maior economia mundial

Os nove membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), juntos, representariam a 10.ª maior economia mundial. Esta é a conclusão tirada da…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin