Deslocados internos em Mossul ultrapassam os 800 mil

A Organização Internacional para Migrações (OIM) avança que o número de pessoas deslocadas pelos conflitos em Mossul, no Iraque, ronda as 840 mil, sendo que milhares de corpos estão soterrados nos destroços da cidade, sublinha a Rádio ONU.

O hospital da OIM em Mossul abriu em abril deste ano, e até agora já foram realizadas quase 500 cirurgias e tratados mais de 6 mil pacientes. O chefe da Missão da OIM no Iraque, Thomas Lothar Weiss, afirma que “as histórias contadas por civis presos na região e o sofrimento que essas pessoas tiveram de passar, servem para lembrar que a assistência humanitária é vital”.

Desde o início das operações militares para a libertação da cidade de Mossul do controlo do auto proclamado Estado Islâmico, ou Daesh, em outubro do ano passado, o número de deslocados internos na cidade passou de 1 milhão.

Até ao momento, já conseguiram regressar a casa, em Mossul Oriental, mais de 230 mil pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola e Hungria avança com Memorandos de Entendimento

Angola e Hungria avança com Memorandos de Entendimento

Angola e Hungria assinaram dois Memorandos de Entendimento nesta segunda-feira, 03 de junho, em Budapeste, capital húngara.  Após a assinatura dos…
Zelensky considera Trump um “Presidente falhado” se propuser mau acordo de paz

Zelensky considera Trump um “Presidente falhado” se propuser mau acordo de paz

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, partilhou que o ex-Presidente dos Estados Unidos da América (EUA) e que concorre novamente ao…
EUA consideram que cabe ao Hamas aceitar cessar-fogo em Gaza

EUA consideram que cabe ao Hamas aceitar cessar-fogo em Gaza

O secretário de Estado dos Estados Unidos da América (EUA), Antony Blinken, afirmou que cabe ao movimento islamita palestiniano Hamas aceitar…
Moçambique: Nyusi viaja até à Coreia para participar em Cimeira

Moçambique: Nyusi viaja até à Coreia para participar em Cimeira

O chefe de Estado moçambicano encontra-se na República da Coreia desde a noite de domingo, 02 de junho. Nyusi deslocou-se até…