Exército iraquiano recupera aeroporto de Mossul

As forças iraquianas recuperaram esta quinta-feira o controlo do aeroporto de Mossul, com o apoio de drones e caças norte-americanos.

Segundo a Agência France Press (AFP) o exército iraquiano não encontrou grande resistência por parte dos jihadistas.

“As nossas forças começaram uma operação grande durante esta manhã para ocupar a base do aeroporto e posso confirmar que é apenas uma questão de tempo até controlarmos toda a área”, disse um porta-voz das forças iraquianas.

O assalto ao aeroporto foi lançado no quinto dia da ofensiva para recuperar o controlo total da cidade, considerada desde há dois anos a capital dos jihadistas no Iraque, e irá permitir lançar um assalto na periferia sudoeste de Mossul, próxima dos afluentes do rio Tigre, que divide, em duas partes, a cidade.

Nesta cidade estão cerca de 700 a 800 mil pessoas, que as Nações Unidas temem que sejam usadas como escudos humanos pelos islamistas da organização terrorista Estado Islâmico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin