Crise | Médio Oriente | Segurança

Forças líbias encontram 90 corpos depois de ataque aéreo dos Estados Unidos

Em declarações emitidas na passada terça-feira, as forças da Líbia dizem ter encontrado 90 corpos de militantes mortos no antigo reduto do Estado Islâmico (ISIS) em Sirte, local onde os Estados Unidos realizaram um ataque aéreo.

O comunicado refere também que os Estados Unidos prenderam dois militantes e mataram outros quatro que se recusaram a render.

Os oficiais dos Estados Unidos referiram que cerca de 80 militantes foram mortos na semana passada, alguns planeavam ataques na Europa.

Segundo os oficiais,  os ataques aéreos tinham como alvos militantes que fugiram de Sirte. No entanto, as forças Misrata dizem que a maioria dos corpos encontrados no local não pertenciam aos militantes que fugiram de Sirte.

As imagens divulgadas em conjunto com as declarações mostram o antigo forte do ISIS coberto por destroços e vários corpos, veículos e armas destruídos.

As declarações dão conta de que 70 corpos foram encontrados no referido local e os restantes 20 num outro, não deixando claro qual a distância entre os dois.

Esta derrota do ISIS faz com que o grupo tenha deixado de controlar qualquer zona em Sirte, mas ainda detém outros territórios no país.

Oficiais líbios e ocidentais alertaram há muito que alguns combatentes escaparam de Sirte antes da batalha ou durante a sua fase inicial. Os líderes do ISIS disseram que pretendem reagrupar-se fora de Sirte.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo