Gaza: ONU fala em “possibilidade imediata” de mortes por falta de comida

O Programa Alimentar Mundial da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que a Faixa de Gaza enfrenta um problema de fome que já alastrou a todo o território.

De acordo com a maior agência humanitária do mundo, quase toda a população de Gaza necessita “desesperadamente” de comida.

A diretora-executiva do Programa Alimentar Mundial, Cindy McCain, afirmou através de uma declaração divulgada nesta quinta-feira, 16 de novembro, que comida e água são “praticamente não existentes” em Gaza.

McCain realçou que os civis enfrentam a “possibilidade imediata” de morrerem à fome.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…
Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …
Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

A Câmara Municipal da Praia (CMP) reafirmou o compromisso de resolver as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, sublinhou que muitos…
Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…