Irão: Milícia separatista atacou divisão dos ‘Guardas da Revolução’ em Hamidiya

A milícia separatista que reclama a independência do Ahwaz atacou facilidades de treino da divisão Basij, unidade para-militar que integra as forças armadas iranianas, habitualmente designadas: ‘Guardas da Revolução’, na localidade de Hamidiya.

A milícia criada em 2013 por Mohiuddin al-Nasser para apoiar militarmente o Movimento Árabe de Luta pela Libertação do Ahwaz, anunciou que os seus homens atacaram um campo de treino onde se formam os militares iranianos que vão combater no Iraque, na Síria e no Yémen.

As autoridades iranianas confirmaram os ataques com recurso a aramas automáticas às suas instalações militares em Hamidiya e instalaram vários pontos de controlo de tráfico na região, sem adiantarem outros detalhes sobre os ataques.

Ahwaz é a capital e a maior cidade da província do Cuzistão, no Irão. Localiza-se no sudoeste do país, nas margens do rio Karun. Tem cerca de 683 mil habitantes e dispõe de importantes reservas petrolíferas nas imediações, que fazem da província do Cuzistão a mais rica região do Irão.

Os árabes ahwazi são uma pequena minoria étnica que considera o domínio persa da região uma usurpação e consideram-se parte integrante do conflito mais abrangente entre a influência shiita e os regimes sunitas que atualmente afeta todo o Médio Oriente.

Os ahwazis pretendem estabelecer um Estado independente cujas fronteiras coincidem grosso modo com a delimitação da atual província do Cuzistão, que além das abundantes riquezas naturais, está localizado no acesso ao estratégico Golfo Pérsico e faz fronteira com o Iraque.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin