Israel ataca centro de armas químicas na Síria

A aviação militar israelita terá disparado vários mísseis, a partir do espaço aéreo libanês, contra posições militares sírias em Mesyaf “provocando estragos materiais e a morte de dois elementos do local”, anunciou através de um comunicado o exército sírio fiel a Bachar al-Assad que ameaça Israel das “graves repercussões em sequência à agressão que ameaça a estabilidade regional”.

Segundo as primeiras informações a operação israelita teve como alvo o Centro de Estudos e Investigações Científicas da Síria (SSRC) Al Tala’ino no este de Hama na Síria, responsável pelo desenvolvimento da indústria de armas químicas. Em Abril os EUA incluíram numa “lista negra” os 271 funcionários deste centro, alegando que o SSRC é responsável pela fabricação de armas químicas.

Outras informações indicam que a operação israelita teve também como alvo várias colunas de abastecimento de armamento destinado ao Hezbollah.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

A Rússia reiterou nesta quarta-feira, 16 de março, que só irá aceitar uma cimeira entre o seu Presidente, Vladimir Putin,…
Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, foi condecorado nesta terça-feira, 15 de março, pelo homólogo cabo-verdiano, José Maria…
Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Gustavo Tutuca promove turismo do Rio de Janeiro, na BTL, em Lisboa A Secretaria de Estado de Turismo do Rio…
Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

A ministra dos Negócios Estrangeiros de Moçambique garantiu que o país vai continuar neutro na guerra entre a Ucrânia e…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin