Israel reconhece que ataque israelita matou trabalhadores humanitários

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, reconheceu publicamente que a morte de sete trabalhadores humanitários da World Central Kitchen foi resultado de um ataque realizado pelas forças israelitas na Faixa de Gaza. 

“Infelizmente, na segunda-feira [01 de abril], houve um incidente trágico de um ataque não intencional das nossas forças contra pessoas inocentes na Faixa de Gaza”, declarou em comunicado, citado pela “AP”. 

Netanyahu assegurou que as autoridades estão a “verificar minuciosamente” os acontecimentos e que “farão tudo para que isto não volte a acontecer”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Ucrânia abre Embaixada em Moçambique

Ucrânia abre Embaixada em Moçambique

A Ucrânia decidiu abrir uma Embaixada em Maputo, capital moçambicana, nesta segunda-feira, 15 de abril. Segundo a “Agência de Informação…
Cabo Verde presente nas Reuniões de Primavera do Banco Mundial e FMI

Cabo Verde presente nas Reuniões de Primavera do Banco Mundial e FMI

O vice-primeiro-ministro e também ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, vai estar presente nas Reuniões de Primavera dos…
Ucrânia: Zelensky assina projeto de lei de mobilização do exército

Ucrânia: Zelensky assina projeto de lei de mobilização do exército

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou um projeto de lei que revê as regras de mobilização do exército. A…
Moçambique: Novo ataque terrorista em Quissanga faz quatro vítimas mortais

Moçambique: Novo ataque terrorista em Quissanga faz quatro vítimas mortais

Foram encontrados quatro cadáveres perto da aldeia Namaluco, situada no posto administrativo de Bilibiza, localizado no distrito de Quissanga, na…