ONU aponta para 200 mil deslocados no sul de Gaza

O gabinete humanitário das Nações Unidas (OCHA) informou nesta terça-feira, 14 de novembro, que a guerra entre as tropas israelitas e as forças do Hamas no norte da Faixa de Gaza já levou à fuga de mais 200 mil pessoas para o sul do território em conflito.

Estas últimas deslocações ocorreram nos últimos dez dias, de acordo com a mesma fonte citada pela “Lusa”, que acrescentou que apenas um hospital no norte de Gaza tem capacidade para tratar doentes.

É ainda mencionado que, nas últimas horas, a aviação israelita destruiu cerca de 200 “alvos terroristas”. Entretanto, as forças navais atacaram um campo militar usado pela unidade naval do Hamas para “treino e armazenamento de armas”, referiu o Exército israelita.

Israel mantém acusação contra o Hamas sobre a alegada utilização de hospitais como cobertura para os combatentes. Foi afirmado que o principal centro de comando está instalado no hospital Al-Shifa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

NASA vai medir emissões de calor nos polos no planeta Terra

NASA vai medir emissões de calor nos polos no planeta Terra

A missão PREFIRE (Polar Radiant Energy in the Far-InfraRed Experiment), iniciada recentemente pela NASA, a agência espacial dos Estados Unidos…
Angola: PRS aumenta interação em Benguela

Angola: PRS aumenta interação em Benguela

O Partido de Renovação Social (PRS) iniciou recentemente um conjunto de ações de constatação e interação com os secretariados municipais,…
Goa: Ministro-chefe garante que Estado está preparado para as monções

Goa: Ministro-chefe garante que Estado está preparado para as monções

O Ministro-chefe de Goa, Pramod Sawant, afirmou, esta semana, que o estado costeiro está preparado para enfrentar a próxima temporada…
Moçambique: Mega-projetos causam prejuízo de 24.7 mil milhões de meticais

Moçambique: Mega-projetos causam prejuízo de 24.7 mil milhões de meticais

Os Projetos de Grande Dimensão e as Concessões Empresariais, geralmente conhecidos como “mega-projetos”, registaram em 2023 um prejuízo de 24.755,45…