ONU: Iémen à beira da fome

Mais de 7 milhões de pessoas necessitam de assistência alimentar de emergência, incluindo 460 000 crianças, numa altura em que o Iémen está a entrar no terceiro ano de guerra. Mas as partes em conflito, incluindo a Arábia Saudita, que lidera a coligação militar contra os rebeldes Houthi continuam a dificultar a assistência humanitária.

Perante o risco de fome, a coligação militar reagiu bombardeando cada vez mais intensamente o porto de Hodeida, no Mar Vermelho, uma área de fornecimento estratégica. Ao cortar este ponto de acesso, os sauditas, colocam ainda mais a população em risco, na capital, Sanaa, e no centro do país, controlada pelos rebeldes Houthi.

O Iémen depende em mais de 90% das importações. A ONU lança assim o alerta, apelando para um acesso livre e irrestrito a todos os portos do Mar Vermelho, que lida com uma grande parte da ajuda humanitária. Seria preciso desbloquear 1,6 mil milhões de euros, a fim de evitar esse desastre iminente.

António Guterres, Secretário-Geral da ONU, garantiu que dialogaria com os líderes sauditas durante a sua visita oficial da semana passada. Mas um relatório de um grupo de especialistas sobre o Iémen transmitido ao Conselho de Segurança é muito pessimista. Nenhuma das partes tem mostrado interesse em negociações de paz. No entanto, esta é a única maneira de evitar a morte de centenas de milhares de civis tomados como reféns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin