Secretário-geral do Hezbollah faz discurso inflamado no Dia de Jerusalém

Esta sexta-feira, várias centenas de apoiantes do grupo xiita Hezbollah reuniram-se num salão na zona de Dahieh, sul de Beirute, para assistir ao discurso do Secretário-Geral Sayyed Hassan Nasrallah, na data de comemoração do Dia de Jerusalém. Antes do discurso, a audiência numerosa que se encotrava dentro do salão, assistiu a desfiles militares.

Cerca de meia-hora mais tarde, Nasrallah apareceu nos três ecrãs gigantes, aplaudido efusivamente pelo público presente. O discurso do Secretário-Geral foi marcado por mensagens incisivas ao executivo de Netanyahu, apelidado de ‘louco’, devido às respetivas decisões nas operações militares contra o Hamas, em Gaza, desde outubro do ano passado. Segundo Nasrallah, Netanyahu não tem logrado vitórias tangíveis em Gaza e, por conseguinte, será muito complicado para Israel ser bem-sucedido numa possível invasão no Líbano.

Nasrallah deixou ainda um aviso que Netanyahu deverá preparar-se para um ataque direto do Irão contra Israel, especialmente após a embaixada iraniana em Damasco ter sido atacada, esta semana, resultado em 16 mortos, entre os quais, vários altos oficiais militares iranianos.

Durante o discurso de Nasrallah, aviões de guerra israelitas atacaram um escritório do Movimento Amal, o segundo maior partido xiita no Líbano, em Marjayoun, no sul libanês, matando três membros e fazendo um ferido. Esta foi a primeira vez que Marjayoun foi atacada, desde o início da guerra.

O discurso terminou com um apelo aos apoiantes do Hezbollah para que se preparem para a eventualidade de uma invasão militar de Israel, no Líbano.

Esta semana foi também marcada pelo anúncio do executivo de Joe Biden que um cessar-fogo, em Gaza, é imperativo, uma mensagem que tem causado bastante atrito entre a Casa Branca e Tel Aviv e que poderá representar uma mudança radical no apoio ao governo de Netanyahu.

João Sousa

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Recondução de Momade é garantia de vitória da Frelimo

Moçambique: Recondução de Momade é garantia de vitória da Frelimo

O comentador residente da Rádio Moçambique, Hilário Chacate, defendeu, após o Congresso da Renamo, que a reeleição de Ossufo Momade…
Angola: Operadoras de transportes públicos devem milhões ao Estado

Angola: Operadoras de transportes públicos devem milhões ao Estado

As operadoras de transportes públicos devem mais de 40 milhões de kwanzas ao Estado na província angolana do Cuanza Sul. …
Cabo Verde: UCID critica empréstimo bancário em época pré-eleitoral

Cabo Verde: UCID critica empréstimo bancário em época pré-eleitoral

O eleito municipal da UCID em Santo Antão, José Graça, disse que se trata de uma “manobra para manipular a…
Moçambique: PRM confirma envolvimento de membros seus em actos criminais

Moçambique: PRM confirma envolvimento de membros seus em actos criminais

O Comandante-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Bernardino Rafael, disse reconhecer o envolvimento dos membros da sua corporação…