Crise | Médio Oriente | Segurança

Síria: Forças rebeldes iniciam contra-ofensiva de grande envergadura para acabar com cerco do regime a Alepo

Os rebeldes sírios começaram, esta sexta-feira, uma contra-ofensiva de grande envergadura com o objetivo de furar o cerco à cidade de Alepo montado pelas forças leais a Bachar al Assad.

“Todas as fações da Jaich el-Fateh (coligação dos principais movimentos jihadistas e islamistas) anunciam o início da batalha para acabar com o cerco a Alepo”, declarou à AFP o comandante militar e porta-voz do grupo islamista rebelde Ahrar al-Sham, Abou Youssef al-Mouhajir. A batalha vai acabar com “a ocupação dos bairros de Alepo pelas forças do regime”, disse ainda.

Desde julho de 2o12, a antiga capital económica da Síria está dividida ao meio, com a parte oriental na posse dos insurgentes e a parte ocidental controlada pelo regime de Bachar el-Assad.

Os rebeldes lançaram às primeiras horas desta manhã centenas de rockets contra as forças do regime, causando 15 mortos e centenas de frigos entre a populaça civil, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH). Estes bombardeamentos seguiram-se de violentos combates nas imediações das zonas controlados pelo regime e de atentados suicidas com recurso a viaturas armadilhas em postos de controlo montados pelas forças de segurança de Bachar al Assad.

O OSDH dá conta igualmente de ataques com rockets ao aeroporto militar de Nayrab e ao aeroporto internacional de Alepo, localizados na periferia da cidade e controlados pelas forças governamentais.

 

© e-Global Notícias em Português
1 Comentário

1 Comentário

  1. Manuel Silva

    30/10/2016 at 0:40

    Contraofensiva

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo