Médio Oriente | Segurança

Três soldados egípcios e 30 islamitas abatidos na península do Sinaï

O exército egípcio anunciou, em comunicado, a morte de três soldados e 30 islamitas, incluindo um emir, na operação anti-jihadista, Sinai 2018, no norte e no centro da Península do Sinai, no leste do país.

Segundo o relatório, entre os 30 islamitas está o emir da organização terrorista no centro de Sinai, Abu Nasser Zaqoul. A sua morte já tinha sido anunciada na semana passada. Também foram detidos 173 jihadistas.

O Exército lançou uma grande operação anti-terrorismo chamada “Sinai 2018” em várias regiões, incluindo a Península do Sinai, onde a filial local do grupo Estado Islâmico (EI) realiza regularmente ataques mortais.

Segundo dados oficiais, 200 jihadistas e pelo menos 33 soldados foram mortos desde o início da operação.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo