Mundo

ONU apela ao reconhecimento dos profissionais que lutam contra o tráfico humano

O grupo de coordenação inter-agências contra o tráfico humano (ICAT) apela aos governos de todo o mundo para que apoiem e reconheçam o trabalho dos profissionais na linha da frente que prestam assistência às vítimas de tráfico humano.

O ICAT pede aos governos para que garantam os recursos e o apoio adequados aos profissionais na linha da frente, que prestam uma assistência fundamental e outros serviços essenciais às vítimas do tráfico humano. Apelam também para que as organizações civis lideradas por sobreviventes sejam incluídas na concepção e implementação de políticas e programas contra o tráfico humano.

O grupo refere que durante a crise da Covid-19, o papel essencial dos profissionais de primeira intervenção tornou-se ainda mais importante, principalmente porque as restrições impostas pela pandemia tornaram o seu trabalho ainda mais difícil. Ainda assim, o ICAT salienta que a sua contribuição é frequentemente esquecida e pouco reconhecida.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo