ONU: Novo relatório sobre alterações climáticas é “alerta vermelho” para o planeta

A ciência é inequívoca: os humanos estão a alterar drasticamente o clima da Terra. Os efeitos das alterações climáticas são agora encontrados em todo o mundo e estão a intensificarem-se rapidamente, segundo um novo relatório divulgado a 9 de agosto pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas, ou IPCC.

“Não há mais espaço para dúvidas” sobre a responsabilidade dos humanos pelas alterações climáticas atuais, diz Kim Cobb, cientista do clima da Georgia Tech em Atlanta e autora do primeiro capítulo do relatório. “E agora podemos dizer com certeza que toda uma classe de [eventos] extremos” está ligada à mudança climática causada pelo homem.

As alterações climáticas já estão a afetar todas as regiões da Terra de várias maneiras, desde secas e incêndios no oeste dos EUA até ondas de calor na Europa e inundações na Ásia, observa o relatório. Cada uma das últimas quatro décadas foi a mais quentes já registada desde os tempos pré-industriais.

O estudo também examina vários cenários diferentes de aquecimento relacionada com os gases de efeito estufa, incluindo talvez os cenários mais promissores em que até 2050 o mundo alcance emissões de carbono “zero”, onde os gases emitidos são equilibrados pela remoção de carbono da atmosfera.

Se o mundo chegar a emissões líquidas zero, as décadas seguintes conterão “indícios de luz”, diz Baylor Fox-Kemper, oceanógrafo da Brown University em Providence, RI, e autor coordenador do capítulo do novo relatório sobre oceanos e regiões geladas da Terra. “As temperaturas caem um pouco – não desde os tempos pré-industriais, mas há uma pequena recuperação.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin