Reinvenção da rede elétrica é crucial para resolver a crise das alterações climáticas

Com o planeta a enfrentar ondas de calor cada vez mais intensas, secas, incêndios florestais e tempestades, um caminho para enfrentar a crise climática ficou claro: é necessário fazer a transição da rede elétrica para energia eólica e solar sem carbono.

Os EUA caminham nessa direção. As primeiras projeções sugerem que o país acabou de encerrar um ano recorde de crescimento de eletricidade renovável em 2021, após um recorde de 33.500 megawatts de eletricidade solar e eólica instalada nos EUA em 2020, segundo dados da Bloomberg NEF. A meta do governo Biden é ter uma rede livre de emissões de carbono até 2035.

Um estudo recente descobriu que os EUA precisarão quase triplicar a sua taxa de crescimento de 2020 para que a rede seja 80% alimentada por energia limpa até 2030. A base dessa transição é uma mudança dramática na própria rede elétrica.

Existem basicamente três maneiras de acomodar a variabilidade da energia eólica e solar: usar o armazenamento, implantar a produção de forma coordenada no país, e gerir a procura de eletricidade para melhor corresponder ao fornecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Governo não renova situação de alerta

Governo não renova situação de alerta

“A situação da pandemia permite-nos tomar, com toda a segurança, a decisão de não renovar o estado de alerta no…
Cabo Verde: Lídia Lima declara que mais de 9 mil são idosos e vivem em situação de pobreza extrema

Cabo Verde: Lídia Lima declara que mais de 9 mil são idosos e vivem em situação de pobreza extrema

Segundo Lídia Lima, Secretária de Estado da Inclusão Social que presidiu a abertura da Semana da Pessoa Idosa em São…
Angola mantém cooperação parlamentar com Portugal

Angola mantém cooperação parlamentar com Portugal

A presidente da Assembleia Nacional de Angola, Carolina Cerqueira, reafirmou ao homólogo de Portugal, Augusto Santos Silva, a continuidade da cooperação…
Moçambique: Comandante Geral da PRM anuncia abate de 16 terroristas, em Quissanga

Moçambique: Comandante Geral da PRM anuncia abate de 16 terroristas, em Quissanga

Em resposta às incursões no dia 25 de setembro, na aldeia Natuco, no distrito de Quissanga, em Cabo Delgado, as…