Sahel

Após seis anos no exílio, Amadou Toumani Touré vai regressar ao Mali

Amadou Toumani Touré

O antigo presidente maliano, Amadou Toumani Touré, popularmente conhecido por ATT, depois de seis anos de exílio forçado na capital senegalesa, Dakar, deverá regressar no próximo domingo, 24 de dezembro, a Bamako. Uma informação confirmada pela secretária do Partido para o Desenvolvimento Económico e Social (PEDS), próximo do antigo presidente.

ATT assumira a liderança do Mali após um Golpe de Estado em 1991 contra Moussa Traoré, 11 anos depois é deposto também por um Golpe de Estado. Foi oficialmente acusado de alta traição por nada ter feito contra os independentistas Tuaregues no norte do país e sobretudo contra os jihadistas.

Depois de o Mali ter pedido a extradição de ATT, e Dakar ter sempre recusado, Amadou Toumani Touré poderá regressar ao país sem ser incomodado pela justiça, resultado de uma mediação estabelecida pelo Senegal e as autoridades malianas.

“Ele estará em Bamako no próximo domingo 24 de dezembro, precisamente entre as 10:00 e 11:00 horas. Um acolhimento triunfal estará à sua espera na descida do avião presidencial do Mali” disse Aliou M. Maïga, presidente do Movimento pelo Regresso de ATT (MR-ATT).

Oficialmente o regresso de Amadou Toumani Touré ao país está inserido no programa de reconciliação nacional.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo