Sahel | Segurança

Ataque suicida a academia militar em Menaka provoca a morte de quatro soldados malianos

Pelo menos quatro soldados malianos morreram na manhã de domingo, na sequência de um ataque suicida a uma academia militar, perto da fronteira do Mali com a Nigéria.

Um responsável militar confirmou que um atacante suicida tentou fazer-se explodir no domingo, no campo militar de Famas, em Menaka, nordeste do Mali, mas foi morto a tiro antes de detonar os explosivos. Quatro soldados morreram durante a operação.

Este ataque acontece depois de 14 soldados malianos terem morrido e 18 terem ficado feridos, no sábado, num ataque terrorista ao campo militar de Soumpi, a cerca de 100 quilómetros a sudoeste de Tombouctu.

O norte do Mali era controlado por vários grupos jihadistas até à realização de uma operação militar liderada pela França. Os extremistas dispersaram-se, mas continuaram a atacar regularmente instalações militares e elementos das Nações Unidas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo