Sahel | Segurança

Combatentes do Boko Haram no Niger têm até 31 de dezembro para entregarem as armas

As autoridades do Níger decidiram estender a mão aos islamitas nigerianos do Boko Haram concedendo o prazo até 31 de dezembro para que entreguem as armas, anunciou o governador de Diffa. O ultimato foi anunciado pelo governador durante a visita a um campo onde vivem 160 combatentes do grupo jhadista que se renderam.

Em 2016, as autoridades do Níger relataram a deserção de cidadãos nigerianos das fileiras do Boko Haram, que tem realizado ataques contra o país desde fevereiro de 2015.

Para acelerar o ritmo, foram disponibilizados aos ex-combatentes “meios de comunicação”, incluindo o telefone, para que “chamem os seus companheiros” para que se rendam “antes de 31 de dezembro de 2017”, disse o governador de Diffa.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo