Crise | Sahel

Mauritânia entrega certidões de nascimento a milhares de crianças refugiadas no Mali

© UNHCR

A Agência da ONU para Refugiados (Acnur) congratula-se, na sua página opficial, pela ação dao governo da Mauritânia, que está a entregar certidões de nascimento a milhares de crianças refugiadas do Mali que vivem no acampamento de Mbera, no sudeste do país. Esta é uma demonstração de apoio aos refugiados, considerar uma “ação inédita“, lê-se no comunicado do porta-voz da Acnur, Cécile Pouilly.

Mais de 7,6 mil crianças nascidas no acampamento vão receber a certidão de nascimento e o governo já criou um sistema para que todos os recém-nascidos sejam automaticamente registados. A agência explica que os documentos ajudarão no combate aos casamentos forçados e prematuros, já que ter provas da idade é essencial para identificação desses casos e para fornecer evidências às instituições. No ano passado, o Acnur registou 97 casos de casamento infantil no acampamento de Mbera, mas teme-se que mais casos possam não ter sido reportados.

A agência da ONU está a colaborar com as autoridades da Mauritânia para o registo civil dos refugiados, além de dar assistência vital, a incluir comida, água, educação e serviços médicos.

A Mauritânia abriga atualmente Mali abriga 51 mil refugiados malianos, que procuram proteção também nos países vizinhos Níger e Burquina Fasso.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo