Mudança para energias renováveis pode aumentar economia de África em 6,4%

Um quadro político integrado construído em torno da transição energética pode trazer uma onda de novos investimentos em energia sustentável para África, aumentando a economia do continente em 6,4% até 2050, de acordo com uma análise publicada pela Agência Internacional de Energias Renováveis ​​(IRENA) em colaboração com a África Banco de Desenvolvimento (BAD).

A “Análise do Mercado de Energias Renováveis: África e Suas Regiões” mostra que a África está “a prosperar significativamente” com o desenvolvimento possibilitado pelas energias renováveis, enquanto melhora muito o acesso à energia e oferece profundos benefícios ambientais e de bem-estar para as pessoas em todo o continente.

O Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento compreende três entidades: BAD, o Fundo Africano de Desenvolvimento (FAD) e o Fundo Fiduciário da Nigéria (NTF). A IRENA é uma agência intergovernamental para a transformação energética global que apoia os países em sua transição para um futuro de energia sustentável e serve como a principal plataforma para a cooperação internacional, um centro de excelência e um repositório de política, tecnologia, recursos e conhecimento financeiro sobre energia renovável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin