Mudança para energias renováveis pode aumentar economia de África em 6,4%

Um quadro político integrado construído em torno da transição energética pode trazer uma onda de novos investimentos em energia sustentável para África, aumentando a economia do continente em 6,4% até 2050, de acordo com uma análise publicada pela Agência Internacional de Energias Renováveis ​​(IRENA) em colaboração com a África Banco de Desenvolvimento (BAD).

A “Análise do Mercado de Energias Renováveis: África e Suas Regiões” mostra que a África está “a prosperar significativamente” com o desenvolvimento possibilitado pelas energias renováveis, enquanto melhora muito o acesso à energia e oferece profundos benefícios ambientais e de bem-estar para as pessoas em todo o continente.

O Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento compreende três entidades: BAD, o Fundo Africano de Desenvolvimento (FAD) e o Fundo Fiduciário da Nigéria (NTF). A IRENA é uma agência intergovernamental para a transformação energética global que apoia os países em sua transição para um futuro de energia sustentável e serve como a principal plataforma para a cooperação internacional, um centro de excelência e um repositório de política, tecnologia, recursos e conhecimento financeiro sobre energia renovável.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Governo analisa Proposta da Estratégia da Política da Juventude

Moçambique: Governo analisa Proposta da Estratégia da Política da Juventude

O Governo moçambicano e os seus parceiros querem operacionalizar a Proposta de Estratégia de Implementação da Política da Juventude 2023-2024.…
Angola prevê crescimento económico de cerca de 3%

Angola prevê crescimento económico de cerca de 3%

O secretário de Estado para o Planeamento de Angola, Luís Epalanga, avançou que a economia do país deverá alcançar um crescimento…
Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…
Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …